Desenvolver a habilidade da escrita

A arte de escrever, assim como qualquer outra habilidade, precisa ser exercitada periodicamente. Para dominá-la, acima de tudo, precisa-se absorver muita literatura clássica. É essencial ver como os grandes autores usam o vocabulário e constroem frases e versos sonoramente belos. Também é preciso aprender a pesquisar sinônimos e a reescrever frases para melhorar a sonoridade do texto após os primeiros esboços.

Na próxima semana concluiremos a leitura do canto décimo de Os Lusíadas. Por isso, pedi aos meninos que fizessem uma redação sobre a leitura desta obra.

Começamos por enumerar as principais características da obra, quem foi o autor, quem era o herói, a aventura e o que aprendemos com esta leitura. Em seguida, propus que seguissem a seguinte estrutura:

  • Parágrafo 1: apresentar o autor e título da obra
  • Parágrafo 2: comentar sobre estrutura da obra
  • Parágrafo 3: detalhar o tema
  • Parágrafo 4: fechamento

Cada menino pôs-se a escrever sua redação. Após o primeiro esboço, pedi que procurassem sinônimos para algumas palavras que usaram em seu próprio texto, com a finalidade melhorar a sonoridade das frases. Eis o resultado:

A maravilhosa obra de Camões

Luís Vaz de Camões, escritor português, é o autor de Os Lusíadas. Ele foi um homem de grande conhecimento em história, geografia e literatura clássica.

Os Lusíadas tem dez cantos e mil cento e vinte e duas estâncias, conhecidas também como estrofes.

A obra é uma epopeia, ou seja, um poema narrativo que glorifica um herói. Um navegador heroico português chamado Vasco da Gama viajou de Portugal à Índia para comercializar. Ele percorreu um caminho jamais feito por outro navegador antes dele.

Eu recomendo a leitura deste livro porque aprendemos com ele o que é coragem, ou seja, como é ter firmeza de ânimo ante o perigo. Uma das partes que eu mais gosto é quando Camões descreve um gigante mitológico impedindo a passagem de Vasco da Gama pelo Cabo das Tormentas.

(Martin, 11 anos)

A poesia magnífica

Camões foi um poeta da renascença portuguesa que fez uma obra belíssima chamada Os Lusíadas.

A obra como eu já disse é magnífica, com dez cantos e mil cento e duas estâncias.

Uma epopeia que mostra um herói chamado Vasco da Gama, um bravo cavaleiro fiel ao Rei de Portugal, passando dificuldades numa aventura pelos mares de Portugal à Índia.

Esta obra fantástica e inspiradora é um verdadeiro exemplo de coragem. As vezes, Camões compara os heróis portugueses com heróis mitológicos e outras vezes com heróis verdadeiros da antiguidade. Mas fica claro que eles são fiéis a um único Deus, o Deus Verdadeiro.

(Michael, 8 anos).

Salvar

Salvar

, ,